Previsão de passagem de tufão pelo Japão preocupa a organização da F-1 em Suzuka - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Esportes
Previsão de passagem de tufão pelo Japão preocupa a organização da F-1 em Suzuka
Publicado por Estadão Conteúdo

O poderoso tufão que está se encaminhando em direção às principais ilhas do Japão poderá ter impacto na programação do GP de Fórmula 1 que será realizado neste final de semana em Suzuka. Chamado de Hagibis, o fenômeno climático tem a sua passagem pelas costas oeste e leste do país entre sábado e domingo, segundo informou a Agência Meteorológica nacional, que alertou à população para tomar precauções com a aproximação da grande tempestade.

Em meio a este cenário de preocupação, a organização da F-1 divulgou um comunicado nesta quinta-feira para informar que está fazendo, em conjunto com a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e outros envolvidos na realização do evento, todos os esforços possíveis para cumprir a programação dos treinos e da corrida, assim como praticar medidas para proteger os torcedores que vão comparecer ao autódromo.

A primeira sessão livre na pista japonesa está marcada para começar às 22 horas (de Brasília) desta quinta-feira (manhã de sexta no horário local). "A FIA, a Fórmula 1, o Circuito de Suzuka e a Federação Japonesa de Automobilismo estão monitorando de perto o tufão Hagibis e o seu potencial impacto no GP do Japão", destacou a organização.

"Todo esforço está sendo feito para minimizar a interrupção do cronograma da Fórmula 1, embora a segurança dos torcedores, competidores e de todos do Circuito de Suzuka continue sendo a prioridade máxima", reforçou o comunicado.

O final de semana de disputas do GP do Japão já teve a sua programação prejudicada por condições climáticas em outras edições da prova, sendo a mais recente delas em 2014, quando uma chuva forte atingiu a pista de Suzuka durante a realização da corrida. Antes disso, em 2004 e 2010, o treino de classificação para o grid foi adiado para o domingo, ocorrendo na manhã do mesmo dia do GP por causa do tempo ruim que impediu a disputa do qualificatório no sábado.

As costas leste e oeste do país asiático deverão ser atingidas por chuvas torrenciais de sexta-feira até a passagem do tufão, prevista para o sábado, e a Agência Meteorológica do Japão alertou que o fenômeno poderá provocar inundações e ocasionar a formação de ondas e marés altas.

Como na próxima segunda-feira será feriado nacional no Japão, a corrida tem potencialmente a possibilidade de ser adiada em um dia caso a passagem do tufão impeça a realização da prova na data programada. O treino de classificação para o grid está marcado para começar às 3 horas (de Brasília) de sábado, enquanto a largada do GP foi agendada para ocorrer às 2h10 de domingo.
X
Olá! Faça seu cadastro no VitóriaNews.
{{app_feedback}}
{{getTitulo}}
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Comentando como
{{dados_login.nome}}
Sair
{{app_feedback_comment}}
{{comentario.nome}}
{{comentario.comentario}}