Empresária morre após ser atingida na cabeça por um coqueiro em Alagoas

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Uma empresária de 35 anos morreu após ser atingida na cabeça por um coqueiro na cidade de Porto de Pedras, no litoral norte de Alagoas, na terça-feira (18).

Lívia Loise Moura Barbosa passava de carro pela Rota Ecológica quando precisou parar e descer para retirar palhas de coqueiro caídas na pista. Foi nesse momento em que a empresária foi atingida pelo coqueiro que caiu em sua cabeça. A filha dela de 5 anos de Lívia estava no veículo, mas não foi atingida.

Empresária foi socorrida com vida por uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhada ao Hospital Regional do Norte, em Porto Calvo. Lívia sofreu traumatismo craniano encefálico, não resistiu e o óbito foi confirmado na quarta-feira (19).

Polícia Civil de Alagoas instaurou inquérito para apurar as circunstâncias da morte de Lívia. A polícia quer determinar se a queda do coqueiro ocorreu por causa natural ou se foi podado de forma irregular.

Marido da empresária diz que coqueiro era podado no momento do acidente. De acordo com informações do 95º DP, Iran Furtado disse em depoimento que havia um homem cortando o coqueiro no momento em que sua esposa foi atingida pela árvore.

Lívia era empresária e moradora de Porto de Pedras. Em nota, a prefeitura da cidade disse lamentar o acidente e manifestou solidariedade aos familiares e amigos para que “encontrem conforto para superar essa perda irreparável”.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.