Emilia Clarke diz que temeu ser demitida de ‘Game Of Thrones’

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – Uma das principais estrelas de “Game Of Thrones” (2011), Emilia Clarke temeu ser demitida da produção no auge da repercussão da serie da HBO. Não que sua interpretação da personagem Daenerys Targaryen áquem do esperado pelos diretores, mas por motivo de saúde. A atriz sofreu uma grave lesão cerebral.

Em 2019, a artista contou em uma entrevista à The Big Issue, que sofreu uma hemorragia subaracnóidea, causada por uma ruptura de aneurisma em fevereiro de 2011. Como resultado, ela foi submetida a uma cirurgia endovascular de enrolamento e teria sido temporariamente incapaz de dizer seu próprio nome. Em 2013, ela sofreu outro aneurisma que também exigiu uma intervenção cirúrgica.

“O primeiro medo que tivemos foi: ‘Meu Deus, vou ser demitida? Vou ser demitida porque acham que não sou capaz de completar o trabalho?'”, lembrou. “Quando você sofre uma lesão cerebral, porque isso altera seu senso de identidade em um nível tão dramático, todas as inseguranças que você sente ao entrar no local de trabalho quadruplicam da noite para o dia”.

A atriz passou pelas cirurgias entre as temporadas, o que não afetou o trabalho. Graças a “Game of Thrones”, Clarke ganhou atenção na indústria e chegou a ser indicada ao Emmy (2013, 2015 e 2016) pelo seu papel na série. Fora da televisão, também interpretou grandes personagens nos cinemas, fazendo parte de franquias como “Star Wars” e “Exterminador do Futuro”.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.