Em sua 96ª edição, Festa de São Pedro terá 3 dias de festejos

Foto: Yuri Barichivich/PMV (arquivo)

Tudo pronto para a 96ª edição da Festa de São Pedro, que será na praça mais famosa da capital: a Praça do Papa. A partir desta sexta-feira (28), o local sediará os festejos que prometem agradar ao público de todos os gostos até o domingo (30).

O icônico local, que desde 2021 retomou eventos grande porte como feiras, shows, celebrações e manifestações diversas, já conta com uma gigante estrutura montada pela Prefeitura de Vitória (PMV), que inclui palco, telões, pórticos, 60 barracas, banheiros e praça de alimentação.

O evento é uma realização da PMV em parceria com a Colônia de Pescadores da Praia do Suá, e deve reunir um público de 30 mil pessoas durante os três dias de festa.

A comemoração integra o calendário cultural e turístico de Vitória e homenageia o santo padroeiro dos pescadores, celebrado no sábado (29).

“Essa sem dúvida é a maior festa junina de Vitória e a maior do estado do Espírito Santo. Para a 96ª edição estamos trazendo como atrações Bonde do Forró, Dudu Nobre e Munhoz e Mariano, além de uma ampla programação com artistas da casa, artistas regionais. Será sem dúvida uma belíssima festa e um momento de união entre pescadores, famílias, turistas e visitantes da nossa cidade”, declarou o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini.

“Vamos sacudir Vitória com uma festa linda para todos os gostos. Em um só local estaremos reunidos em fé, confraternização e alegria. Esse é o terceiro ano que essa gestão promove esse grande encontro e as expectativas são as melhores. Está tudo pronto e vamos entregar ao público o que há de melhor em evento”, garantiu o secretário municipal de Cultura, Edu Henning.

Para toda essa organização várias pastas da PMV estão envolvidas e atuantes. Além da Secretaria Municipal de Cultura (Semc) estão as secretarias de Segurança (Semsu), de Saúde (Semus) e de Meio Ambiente (Semmam).

Saúde

A fim de prestar assistência e atendimento à população, a Semus vai disponibilizar uma ambulância básica para transporte de pacientes de baixa gravidade. O local contará também com uma UTI móvel para situações de maior atenção.

Segurança e trânsito

Para garantir a segurança de munícipes e turistas, a Guarda Civil Municipal de Vitória (GCMV) terá agentes circulando pelo local.

De acordo com a Gerência de Planejamento e Operacionalização do Trânsito (Gpot), a Rua Judith Maria Tovar Varejão, que dá acesso ao Espaço Baleia Jubarte, na lateral da Praça do Papa, será interditada na manhã desta sexta-feira (28), a partir da 01 hora.

Equipes da Guarda Civil Municipal de Vitória estarão dando apoio em toda a região, tanto em relação ao trânsito e suas alterações quanto ao reforço do patrulhamento.

Atrações

Grandes shows já foram confirmados pela Semc para garantir o lazer e a animação das pessoas que comparecerem à festa. Como anunciado pelo prefeito, Lorenzo Pazolini, a banda Bonde do Forró, Dudu Nobre e a dupla sertaneja Munhoz e Mariano são os “headliners” da programação que inclui também atrações regionais como Casaca, Léo Lima e Padre Anderson Gomes.

Sexta (28/06)

A partir das 18 horas de amanhã (28) o público já poderá acessar a Praça do Papa, preparada para a 96ª Festa de São Pedro. A abertura oficial acontece a partir das 18h30 no palco central.

Casaca

Quem dá o pontapé inicial à programação musical da 96ª Festa de São Pedro, às 19 horas, é a “capixabíssima” banda Casaca ao som de muito pop-rock regional. A apresentação do grupo de Vila Velha trará grandes sucessos da banda que tem nove álbuns gravados.

A turma comemora em 2024, 24 anos de existência além de uma façanha inédita entre as bandas capixabas: 20 anos em que uma de suas músicas “Da Da Da” foi tocada em Marte, no dia 10 de janeiro de 2004, para acordar o robô Spirit, da Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço da América (Nasa).

O grupo carrega consigo a marca da tradição do seu folclore local, o Congo. Manifestação de origem africana e ritmo de sua terra natal, o bucólico balneário litorâneo da Barra do Jucu.

A força dos tambores (tocados com as mãos) impressiona e empolga. A marcação da casaca (instrumento típico do congo capixaba) dá o tom de novidade e surpreende. Tudo aliado à forte pegada entre o rock e o reggae. Vai pocar!

Juliana e Bonde do Forró

Com 21 anos de estrada a banda Bonde do Forró chega ao palco da Cultura na Praça do Papa às 22 horas.

Com a ideologia de expor o seu trabalho por todo país associada à inovação da mistura do forró com vozes de sucesso do mundo sertanejo, a Banda produziu seu primeiro DVD em São Paulo em 2003.

A formação atual traz Juliana e Rodrigo nos vocais.

A banda já se apresentou nas maiores festas do Brasil, como Festa do Peão de Barretos e festas juninas de Caruaru em Pernambuco e Campina Grande na Paraíba.

Tendo realizado oito turnês para os Estados Unidos, o grupo tem expressivos números como dois milhões de cópias vendidas de CDs e DVDs e mais de 20 milhões de pessoas em público de shows.

 

Sábado – 29/06

Léo Lima

Quem abre o segundo dia de programação da Festa de São Pedro é o cantor sertanejo Léo Lima. O músico sobe ao palco às 19 horas e promete fazer o público dançar muito.

O cantor é de Fundão, interior do Espírito Santo, e suas músicas embaladas por “provocação” vão do romântico à batida mais agitada, ou seja, cabem todas as tribos de todos os públicos seja para dançar sozinho, azarar ou dançar agarradinho.

 

Dudu Nobre

O samba e charme do carioca João Eduardo de Salles Nobre, mais conhecido como Dudu Nobre toma conta da Praça do Papa a partir das 22 horas.

Famoso compositor e cantor brasileiro começou a estudar piano clássico aos seis anos de idade. Aos nove se encontrou com àquele que seria o seu instrumento inseparável: o cavaquinho.

Em sua trajetória coleciona fãs no Brasil e no mundo e é consagrado como um dos maiores sambistas do país com mais de 20 anos de carreira.

Com impressionantes números de 700 milhões de visualizações e 1,4 milhão de ouvintes mensais nas plataformas digitais, Dudu é dono de hits atemporais como “Água da minha sede”, “Quem é ela” e “Pro amor render”.

Mestre do cavaquinho, Nobre também é autor de sambas enredo vitoriosos em todo o Brasil.

 

Domingo (30/07)

Missa e procissão

O terceiro dia da 96ª Festa de São Pedro começa cedo, às 8 horas, com missa na Paróquia de São Pedro na Praia do Suá, seguida de procissão terrestre em direção à Marinha.

Às 10 horas, marcada por muita devoção e fé, tem saída a tradicional procissão marítima que sai da Praça do Papa em direção à Ilha do Príncipe.

A previsão é de que 150 embarcações acompanhem a imagem do santo padroeiro pelas águas da baía de Vitória.

 

Padre Anderson

Primeira atração musical a se apresentar no domingo (30), Padre Anderson sobe ao palco da 96ª Festa de São Pedro às 17 horas.

O padre que faz parte da nova geração de sacerdotes católicos desde a adolescência esteve envolvido em atividades da igreja. Aos 20 anos decidiu tornar-se padre, sendo ordenado aos 30.

Além do trabalho sacerdotal, Padre Anderson se dedica à música desde 2016 tendo lançado o CD “Em Casa” (2019), e os clipes e singles “Glória” e “Te Adorar”, disponíveis nas principais plataformas digitais.

Mais recentemente, em 2023, o Padre lançou sua própria plataforma digital, a Teoflix, com conteúdos formativos, onde oferece cursos, homilias, programas e podcasts.

 

Munhoz e Mariano

Encerrando a Festa de São Pedro, às 19 horas se apresenta a dupla Munhoz e Mariano. Naturais de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Raphael (Munhoz) e Ricardo (Mariano) são amigos de infância e começaram a tocar por hobby em um boteco da cidade. E foi assim, na brincadeira, dois violões e dois microfones ligados em uma pequena caixa de som, que os sertanejos ganharam a admiração das pessoas próximas e uma boa reputação pelos freqüentadores do local.

A formação profissional se deu em 2007, o primeiro CD em 2009 e em 2010 a dupla ganhou notoriedade nacional ao participar do concurso “Garagem do Faustão”, no programa “Domingão”.

Para Vitória, além do hit “Camaro Amarelo” sucesso de 2012, que atingiu a primeira posição na Crowley Charts, ranking oficial das músicas mais escutadas no Brasil, Munhoz e Mariano trarão “Pinga do Mal”, que conta com milhões de views e plays nas plataformas digitais, e também o hit “Taca Taca”.

Ano passado a dupla gravou um DVD ao vivo em São Paulo que marcou os 15 anos de carreira. A música “Eu nasci pra isso” soma mais de seis milhões de visualizações no Youtube. “Derramando lágrimas” com a participação da dupla João Bosco & Vinícius é a atual música de trabalho.

 

Confira a Programação completa da 96ª Festa de São Pedro:

28/06 – Sexta

18h30 – Abertura da 96ª Festa de São Pedro.

19h – Casaca.

22h – Juliana & Bonde do Forró.

 

29/06 – Sábado

19h – Léo Lima.

22h – Dudu Nobre.

 

30/06 – Domingo

8h – Missa na Paróquia de São Pedro.

9h – Procissão terrestre até a Marinha.

10h – Procissão Marítima.

17h – Pe. Anderson.

19h – Munhoz e Mariano.

Compartilhe: