Em recuo, Guaíba supera cota de inundação pela 1ª vez em um mês

CAMPINAS, SP (FOLHAPRESS) – O nível do lago Guaíba continua em redução e superou a cota de inundação na entre sexta-feira (31) e este sábado (1º), quando a medição apontou 3,57 metros, às 6h30, no gasômetro.

Aos poucos, a água do lago que inundou a capital recua, revelando ruas que ficaram submersas por um mês. A redução é de cerca de 0.7 centímetro por dia.

Segundo o IPH (Instituto de Pesquisas Hidráulicas) da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), a previsão atual indica recessão da cheia, com níveis ainda elevados, mas mantendo declínio lento nos próximos dias.

A cheia atual foi a maior do Guaíba na série histórica, ou seja, desde que o nível da água é medido pelas autoridades. Chegou a 5,35 metros no dia 5 de maio, superando os 4,74 metros (então recorde) registrado em 1941, que à época deixou a capital debaixo d’água.

Populares e servidores públicos intensificam a limpeza das ruas graças ao recuo da água. A redução do Guaíba permitiu ainda a abertura de novos corredores de ligação a outros municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.