Em meio a polêmica sobre PL antiaborto, técnico pede demissão da seleção feminina de basquete

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O técnico José Neto pediu seu desligamento da seleção brasileira feminina de basquete nesta quinta-feira (27). A decisão do profissional foi anunciada pela CBB (Confederação Brasileira de Basketball).

Em um texto publicado em sua conta no Instagram, o treinador afirmou que tomou a decisão depois da saída do preparador físico Diego Falcão, dispensado na semana passada após fazer uma postagem contra o aborto.

A publicação motivou uma série de críticas por parte das jogadoras do elenco, que se posicionaram contra a permanência do profissional no cargo. Líderes da equipe brasileira, como Clarissa dos Santos e Damiris Dantas, foram ouvidas pela CBB antes da demissão do preparador.

Neto e Falcão, que trabalham juntos há 17 anos, chegaram juntos à seleção feminina, em 2019. Ao falar de sua saída, o treinador destacou sua longa relação de trabalho com o preparador.

“Diante dos últimos acontecimentos envolvendo o preparador físico Diego Falcão, profissional com quem trabalho há 17 anos e sempre escolhi para estar comigo nos últimos clubes e seleções em que fui o treinador; também seguindo os princípios e valores da minha fé, da qual devo tudo o que sou e tenho, quero comunicar que hoje deixo meu cargo de treinador da seleção brasileira feminina de basquete”, disse Neto em postagem no Instagram.

Com o treinador no comando da equipe, o Brasil foi bicampeão dos Jogos Pan-Americanos, conquistou o Sul-Americano e levou o título da Americup. O período, porém, também foi marcado por fracassos no ciclo olímpico, já que a equipe não conseguiu se classificar para os Jogos de Tóquio-2020 e Paris-2024.

“A Confederação Brasileira de Basketball agradece ao técnico pelo seu trabalho nesses anos e deseja boa sorte na sequência da sua carreira profissional”, escreveu a entidade em nota oficial.

A CBB tem pressa para encontrar um novo comandante uma vez que, entre os dias 19 e 25, a seleção vai disputar o pré-classificatório para a Copa do Mundo de 2026. O Brasil está em um grupo com Hungria, Filipinas e Senegal. Se avançar, vai encarar Ruanda, Argentina Líbano ou Reino Unido na semifinal. Apenas o campeão do torneio conseguirá a vaga.

“A nova comissão técnica, para a disputa do Pré qualificatório ao Mundial da Alemanha 2026 será informada dentro do planejamento da diretoria de basquete feminino”, informou a CBB.

Veja a íntegra da nota da CBB

“A Confederação Brasileira de Basketball informa que nesta quinta, 27 de junho, recebeu do treinador José Neto o seu pedido de desligamento do projeto da Seleção feminina adulta de basquete. E que aceitou a solicitação de encerramento da parceria.

No comando da CT do Brasil, Neto foi bicampeão dos Jogos Pan-Americanos, campeão Sul-Americano e campeão da AmericupW.

A Basquete Brasil agradece ao técnico pelo seu trabalho nesses anos e deseja boa sorte na sequência da sua carreira profissional.

A nova comissão técnica, para a disputa do Pré-Qualificatório ao Mundial da Alemanha 2026 será informada dentro do planejamento da diretoria de basquete feminino”.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.