Economistas elevam previsão de juros e reduzem a inflação

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Economistas ouvidos pelo Banco Central (BC) projetam aumento da Selic, taxa básica de juros, para 9,63%, aumento de 0,13 p.p. (ponto porcentual), para este ano. O aumento é o terceiro em quatro semanas, quando a taxa era estipulada em 9%.

O boletim Focus, divulgado nesta segunda (6), também eleva a expectativa de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto), que deve fechar o ano em 2,05%, aumento de 0,02 p.p. Há quatro semanas a projeção era de que o índice ficasse em 1,9%.

Já o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) deve fechar este ano em 3,72%, redução de 0,01 p.p. Esta é a quarta semana de queda na inflação calculada, em 3,76% há quatro semanas.

O câmbio não sofre alterações, com a paridade com dólar encerrando o ano em R$5, de acordo com o boletim do BC. É a segunda semana seguida que não há alteração na previsão dos economistas entrevistados.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.