sábado, 13 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

FGV: Indicador Antecedente de Emprego cai 0,8 ponto em julho ante junho (81,1 p.)

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) caiu 0,8 ponto na passagem de junho para julho, para 81,1 pontos, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). Foi a primeira queda após três meses de alta. Em médias móveis trimestrais, o IAEmp subiu 0,5 ponto em julho.

“O IAEmp parece dar sinais de desaceleração do mercado de trabalho ao registrar pequena queda em julho. O resultado ainda não parece ser uma reversão da tendência positiva dos últimos meses, mas sugere perda de força dessa retomada ao longo do ano. As medidas de estímulo à economia feitas pelo governo podem sustentar esse cenário mais favorável no curto prazo, mas no médio prazo o enfraquecimento da atividade econômica tende a segurar o ritmo de recuperação do mercado de trabalho”, diz nota divulgada pela FGV nesta quinta-feira, 4.

O IAEmp sugere expectativa de geração de vagas adiante: quanto maior o patamar, mais satisfatório o resultado. O indicador é formado por uma combinação de séries extraídas das Sondagens da Indústria, de Serviços e do Consumidor, todas apuradas pela FGV. O objetivo é antecipar os rumos do mercado de trabalho no País.

Em julho, quatro dos sete componentes do IAEmp contribuíram para a queda. Os destaques foram o indicador de Situação Atual dos Negócios da Indústria, que contribuiu negativamente com 0,5 ponto para a variação agregada, e o indicador de Emprego Previsto de Serviços, com 0,3 ponto de contribuição. Na contramão, indicador de Emprego Previsto da Indústria contribuiu positivamente com 0,4 ponto na variação agregada.

Vinicius Neder
Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas