domingo, 14 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Bolsas da Ásia fecham em baixa, com possível visita de Pelosi a Taiwan

As bolsas asiáticas fecharam em baixa nesta terça-feira, 2, à medida que tensões geopolíticas se intensificaram com a possível visita da presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, Nancy Pelosi, a Taiwan.

Na China continental, o índice Xangai Composto teve queda de 2,26% hoje, a 3.186,27 pontos, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto recuou 2,92%, a 2.138,17 pontos.

Em outras partes da Ásia, o japonês Nikkei caiu 1,42% em Tóquio, a 27.594,73 pontos, enquanto o Hang Seng perdeu 2,36% em Hong Kong, a 19.689,21 pontos, o sul-coreano Kospi cedeu 0,52% em Seul, a 2.439,62 pontos, e o Taiex registrou baixa de 1,56% em Taiwan, a 14.747,23 pontos.

O apetite por risco foi prejudicado por expectativas de que Pelosi chegue a Taiwan na noite desta terça-feira (pelo horário local), segundo a mídia da própria ilha, como parte de uma turnê pela região asiática. A China, que considera Taiwan parte de seu território, já fez vários alertas sobre “sérias consequências” se a visita de fato ocorrer.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou praticamente estável nesta terça, com ligeira alta de 0,07% do S&P/ASX 200 em Sydney, a 6.998,10. Nesta madrugada, o Banco Central da Austrália, conhecido como RBA, elevou seu juro básico em mais 0,5 ponto porcentual, a 1,85%. Com informações da Dow Jones Newswires e Associated Press.

Sergio Caldas
Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas