segunda-feira, 15 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Taxas de juros adotam viés de alta em meio a aceleração dos juros dos Treasuries

Os juros futuros adotaram há pouco viés de alta na manhã desta segunda-feira, 27, em meio ao avanço dos juros dos Treasuries e com dólar voltando ao terreno positivo. Os juros dos Treasuries aceleraram na última meia hora após divulgação de dado nos Estados Unidos. As encomendas à indústria no país tiveram alta de 0,7% em maio ante abril, bem acima da previsão do mercado financeiro.

Mais cedo, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse que o pior da inflação já passou. “Acreditamos que a ferramenta disponível é capaz e vai frear o processo inflacionário. Acreditamos que a maior parte do processo já foi feito”, disse. “Precisamos fazer trabalho de ancorar expectativas, é muito importante”, afirmou, em outro momento.

A correção se dá apesar do dólar, petróleo e juros dos Treasuries em alta, e dos riscos fiscais no radar, em dia de agenda mais fraca.

Às 10h05, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 estava na máxima de 12,47%, de 12,45% no ajuste anterior.

O DI para janeiro de 2025 marcava máxima de 12,55%, de 12,51%, e o para janeiro de 2024 subia a 13,29%, de 13,25% no ajuste de ontem. O DI para janeiro de 2023 era negociado em 13,675%, de 13,644%.

Luciana Xavier
Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas