sexta-feira, 12 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Produtores do polo de cajá manga anão participam de encontro sobre gestão e estratégias de vendas

Produtores do polo Farias, que cultivam o cajá manga anão, participaram de uma reunião sobre gestão, estratégias de vendas e comercialização. Na ocasião, também foi apresentado pela Secretaria Municipal de Agricultura o novo modelo de assistência técnica do Programa Municipal de Fruticultura. O encontro aconteceu na sede da Associação de Produtores Rurais do Córrego Farias (Aprucof).

A reunião contou com a participação do representante da Agro Trop Linhares, o engenheiro Agrônomo, Lino Isac Soares dos Santos, que apresentou o modelo de gestão da empresa e possíveis propostas sobre aquisição do cajá e demais frutas cultivadas na região do Farias para o processamento de polpa pela empresa.

Na oportunidade, o consultor do Sebrae, Luciano Machado Costa, explanou aos produtores o que é necessário fazer para se chegar ao público consumidor, dicas de marketing e sobre estratégias de comercialização.

O chefe da divisão municipal de Agricultura e Aquicultura de Linhares, Yago Bitti de Melo, informou que também foi apresentado aos produtores o novo formato de assistência técnica do Programa Municipal de Fruticultura.

O produtor Marcos Fantin participou do encontro que disse ser muito esclarecedor. “Foi bem produtivo o encontro, com muita informação. Às vezes, a gente fica tão focado nos afazeres do campo que esquecemos de alguns detalhes que vão ajudar a aumentar a produção, a cultivar outras variedades e a própria comercialização mesmo”, disse o produtor.

“As visitas técnicas que eram individuais e mensais agora serão em grupos, o que chamamos de encontros satélites. Mas, a assistente técnica individualizada permanecerá conforme demanda solicitada do produtor”, explicou Yago.

Empresários visitam polo – 

Dias antes da reunião, empresários da Bélgica e da indústria Agro Trop visitaram o Polo Farias para conhecer o cultivo do cajá manga anão e mostraram interesse em adquirir o produto para beneficiamento da polpa concentrada a ser exportada para a Bélgica, como matéria-prima para diversos produtos.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas