terça-feira, 28 junho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Sachsida: para preço de combustíveis cair, é preciso adotar ‘medidas estruturais’

Questionado sobre PEC dos Combustíveis e cortes de impostos, o secretário especial de Estudos Econômicos do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, afirmou nesta sexta-feira, 4, que “determinadas propostas geram efeitos macroeconômicos adversos, com resultados negativos”. “Cabe a nós mostrarmos que determinadas medidas para os combustíveis terão efeito oposto ao esperado”, afirmou o secretário, que comentou em entrevista coletiva o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) de 2021 anunciado mais cedo pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Para reduzir o preço dos combustíveis, Sachsida afirmou que é preciso adotar “medidas estruturais”, ao repetir que é preciso mostrar que o país é um “porto seguro” para investimentos.

“Quando tem segurança e consolidação fiscal, tem uma série de encadeamentos positivos na economia, com queda do risco país, inflação e taxa de juros futura”, argumentou o secretário especial, ao dizer “atrair investimentos internacionais valoriza o real e reduz os preços dos combustíveis”. “Se tomarmos medidas que trazem receio à consolidação fiscal, o real se desvaloriza e gera um aumento no preço dos combustíveis.”

O secretário especial de Estudos Econômicos do Ministério da Economia afirmou que o País precisa tomar medidas que gerem resultados esperados e positivos. Medidas envolvendo cortes no preço de combustíveis ou que concedam subsídios, comentou, podem ter boas intenções, mas com resultado ruim.

O Ministério da Economia, disse, se posiciona contra medidas que tem resultado ruim, apesar de boas intenções, respondeu o secretário ao ser questionado novamente por jornalistas sobre o tema. Desta vez, ele foi perguntado especialmente sobre expansão do vale-gás.

Eduardo Rodrigues e Guilherme Pimenta
Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas