domingo, 26 junho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

‘Em abril, teremos 90% do número de voos do pré-pandemia’, diz Manuel Flahault

A pesar de a Ômicron ter desacelerado as vendas do Grupo Air France-KLM, a companhia continua acrescentando novos voos para o Brasil. Hoje, a KLM já está com uma oferta igual à de antes da pandemia em São Paulo e, no fim de março, estará na mesma situação no Rio. O diretor-geral do grupo na América do Sul, Manuel Flahault, porém, espera voltar ao patamar pré-covid em todo o País apenas em 2023.

Qual foi o impacto da Ômicron para a companhia?

Significativo, mas sob controle. Vínhamos de uma tendência de vendas muito dinâmica no último trimestre de 2021. Quando abriram as fronteiras na Europa, houve um aumento forte na demanda. Com a Ômicron, o ritmo diminuiu, mas não tivemos queda nas reservas, como observamos um ano antes. No fim de janeiro, quando o número de casos começou a diminuir, houve uma progressão nas vendas. Isso foi positivo, porque o número de casos ainda era muito superior ao de outras ondas de covid.

Qual a situação hoje?

Estamos vendendo mais do que o esperado. Vamos cumprir o que temos programado para o número de voos. A partir de abril, estaremos com quase 90% do número de voos (oferecidos no Brasil) de antes da pandemia. A KLM já voltou ao nível de 2019 em São Paulo, e, no Rio, voltará em março. A Air France também está aumentando a oferta.

Quando chegará ao número de voos que se tinha antes da pandemia?

Se não tivermos novas variantes, espero que em 2023.

O preço do petróleo disparou no começo do ano. Que impacto devemos esperar no preço das passagens?

O que afeta o preço é a oferta e a demanda. A demanda está sustentável e maior que a oferta, porque as empresas não estão com a mesma quantidade de voos de antes. Isso fez os preços alcançarem os níveis de 2019.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Luciana Dyniewicz
Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas