domingo, 14 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Bolsas de NY fecham em baixa, em quadro de cautela, de olho em balanços e Fed

As bolsas de Nova York fecharam em queda nesta terça-feira, 25, com cautela marcante nos mercados. A temporada de balanços segue no radar dos investidores, com prejuízo da General Electrics e lucros da American Express, 3M, Johnson & Johnson e Verizon divulgados hoje. Operadores também monitoram as tensões geopolíticas ligados à Rússia e se posicionam na véspera de decisão monetária do Federal Reserve (Fed).

O índice Dow Jones caiu 0,19%, a 34.297,73 pontos, o S&P 500 cedeu 1,22%, a 4.356,45 pontos, e o Nasdaq teve baixa de 2,28%, a 13.539,29 pontos.

A General Electric reverteu lucro e informou prejuízo de US$ 3,84 bilhões no trimestre mais recente. As ações da companhia tombaram 5,98% nesta sessão. Com recuo anual na receita, os papéis da Verizon também tiveram baixa, de 0,11%.

Em meio ao avanço dos juros dos Treasuries, as empresas ligadads a tecnologia e comunicação ficaram no vermelho. Meta (-2,77%), Apple (-1,14%), Amazon (-3,15%), Microsoft (-2,66%) e Alphabet (-2,96%) tiveram queda.

Na contramão, porém, a IBM teve o segundo melhor desempenho do índice Dow Jones, com alta de 5,65%, após ter informado lucro líquido de US$ 2,33 bilhões no mesmo período. A American Express ficou em primeiro, com avanço de 8,92%, depois de registrar saltou anual de 20% no lucro do quarto trimestre e superar a expectativa de analistas. O Dow Jones ganhou fôlego ao fim do pregão e tentou se sustentar no azul, mas terminou o dia acompanhando seus pares.

Mesmo após informar receita decepcionante, Johnson & Johnson conseguiu subir 2,86%, após ampliar lucro trimestral. Já a 3M superou as projeções de lucro e receita no mercado e avançou 0,55%.

No radar das mesas de operação, está a reunião de decisão monetária do Fed amanhã. A Stifel prevê que os dirigentes devem garantir combate à inflação de maneira genérica, sem definir uma linha do tempo. Já o Nordea espera que seja sinalizado um caminho em direção à alta de juros básicos na reunião de março.

As tensões entre Rússia e governos ocidentais permanecem no noticiário. A Casa Branca disse hoje que os EUA não pretendem enviar tropas à Ucrânia fora a articulação da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). Paralelamente, o presidente Joe Biden considera usar novo controles de exportações para prejudicar a Rússia e busca assegurar ativos de energia para seus aliados europeus, segundo noticiário internacional.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas