Apoio fiscal e vacinação determinam rápida recuperação dos EUA, diz Powell - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Economia
Apoio fiscal e vacinação determinam rápida recuperação dos EUA, diz Powell
Publicado por Estadão Conteúdo

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, comentou que "medidas fiscais, rápida vacinação e a política monetária" são fatores que determinam a acelerada recuperação do nível de atividade nos EUA, que, segundo o Fed, deve crescer 6,5% neste ano.

"Contudo, a recuperação nos EUA ocorre de forma desigual, pois há ainda 8,5 milhões desempregadas e a taxa de desemprego está perto de 20% para pessoas no quartil de menor renda", destacou Powell.

De acordo com o presidente do Fed, o coronavírus "não respeita fronteiras e não estaremos protegidos enquanto todo o mundo não estiver vacinado." Ele ressaltou que 'há risco nos EUA, pois casos de covid-19 estão subindo e podem atrasar a recuperação" do país.

Jerome Powell ressaltou que a "compra de ativos pelo Fed continuará enquanto não ocorrer claro progresso de objetivos do Federal Reserve", que são a máxima geração de emprego possível e taxa de inflação média de 2% em 12 meses.

Ele referiu-se ao programa de aquisição que compra mensalmente US$ 120 bilhões em títulos do Tesouro americano e ativos financeiros atrelados a hipotecas de imóveis. Os comentários foram realizados em evento que ocorre no contexto da reunião de primavera do Fundo Monetário Internacional (FMI).
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.