Tarifa contra Brasil não tem a ver com China, mas manipulação cambial, diz Ross - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Economia
Tarifa contra Brasil não tem a ver com China, mas manipulação cambial, diz Ross
Publicado por Estadão Conteúdo

O secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, afirmou nesta terça-feira que o restabelecimento de tarifa anunciado ontem pelo presidente Donald Trump contra o aço e o alumínio de Brasil e Argentina não tem a ver com a situação no comércio com a China. "As tarifas contra Brasil e Argentina não tem a ver com a China, mas com a manipulação cambial", disse Ross, durante entrevista à rede CNBC.

Ross disse que os EUA são o principal cliente do aço do Brasil, por isso o País teria ficado "chateado" com o anúncio de Trump.
X
Olá! Faça seu cadastro no VitóriaNews.
{{app_feedback}}
{{getTitulo}}
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Comentando como
{{dados_login.nome}}
Sair
{{app_feedback_comment}}
{{comentario.nome}}
{{comentario.comentario}}