segunda-feira, 15 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Goldfajn diz em Davos que 2015 é ano de ajuste de preços no País

O economista-chefe do Itaú Unibanco, Ilan Goldfajn, diz que concorda com o aumento de impostos anunciado no Brasil nos últimos dias. “Dadas as alternativas que temos, eu realmente concordo”, disse ao ser questionado sobre o aumento de tributos durante entrevista no Fórum Econômico Mundial.

“Parte das medidas anunciadas até agora é do lado das receitas. Nesse tema, não há outras opções. Sem isso, teríamos outro déficit. Isso significaria a deterioração da situação brasileira com impacto no rating”, disse na entrevista. “Dadas as alternativas, eu realmente concordo.”

Goldfajn disse que aceita a avaliação de que o Brasil pode ter crescimento perto de zero em 2015. “Eu concordo com esse número porque é um ano desafiador, de ajuste, de consolidação fiscal. É um ano de preços que estão sendo ajustados”.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas