É a maior oportunidade que tive na Globo, diz Paulo Vieira sobre a série ‘Pablo e Luisão’

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS0 – Até pouco tempo atrás, Paulo Vieira, 31, costumava brincar dizendo que até era conhecido, mas não tinha nada palpável na programação da Globo. Agora, parece que o jogo virou.

Além do Avisa Lá Que Eu Vou, que entra na sua terceira temporada no GNT, ele em breve faz sua estreia como showrunner de uma série de ficção com “Pablo e Luisão”. A trama acompanha as aventuras do pai de Paulo, Luisão (Aílton Graça), e de seu melhor amigo, Pablo (Otavio Muller).

“É um projeto da Globoplay com a Globo e são 16 episódios. Gravamos a primeira temporada e não sabemos se vai ter a segunda. Ainda não foi confirmado para nós, mas eu adoraria continuar”, diz o humorista.

“Acredito que o Avisa Lá Que Eu Vou é o primeiro projeto robusto na emissora e que realmente fala sobre a minha alma, sobre a minha visão artística. ‘Pablo e Luizão’ vem nessa mesma linha. É, de fato, um grande projeto. É, com certeza, a maior oportunidade que tive na Globo, onde me sinto muito feliz”, pontua.

Questionado se acredita ter moral alta junto à cúpula da emissora, Paulo para e pensa. “Não sei. Me sinto honrado por poder fazer as minhas coisas. Mas não me sinto em um lugar de fama ou de estrela da casa, sabe?”

“Tenho os pés no chão e eu sou um cara muito ligado no trabalho”, avalia. “Eu só trabalho. Chego lá cedo e trabalho até de noite. Vou cansado para casa, tomo um banho, como alguma coisa, durmo e no dia seguinte trabalho de novo.”

Compartilhe: