Dona de clínica onde jovem morreu chega à delegacia para prestar depoimento

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A influenciadora e esteticista Natalia Fabiana de Freitas, que se identifica nas redes sociais como Natalia Becker, se apresentou em uma delegacia para prestar depoimento em São Paulo. Um jovem morreu após passar por um procedimento estético realizado por ela na zona sul da capital paulista.

Natalia Becker chegou ao 27ª DP (Campo Belo), por volta das 13h40 desta quarta-feira (5). Previsão inicial era de que a mulher prestasse depoimento na manhã desta quarta.

Esteticista era procurada pela polícia, já que é investigada pela morte de Henrique Chagas. Na noite de terça (4), o delegado Eduardo Luis Ferreira, responsável pelo caso, informou que os defensores de Natalia haviam entrado em contato para combinar como ela poderia se apresentar.

Natalia desapareceu após a morte do jovem. A mulher, que também é dona da clínica, teria passado mal após o cliente morrer. A polícia visitou os dois hospitais indicados como locais onde ela teria buscado atendimento, mas a esteticista não foi encontrada.

“Nós questionamos as pessoas que foram conduzidas para cá [delegacia] de onde estaria a responsável pelo procedimento, foi quando veio a informação de que ela teria passado mal e sido socorrida. Nos indicaram alguns hospitais e nós fomos atrás e não confirmamos. Precisamos ouvi-la para entender o que aconteceu”, ressaltou Ferreira ao Balanço Geral, da Record TV.

Polícia também não havia encontrado a esteticista em endereço indicado como sendo da residência dela e do marido. No local, os agentes foram informados que eles não moram mais no imóvel há três meses, informou o delegado ao Brasil Urgente (TV Bandeirantes), na terça-feira (4).

Clínica foi fechada e autuada pela Vigilância Sanitária municipal após a morte. Autuação ocorreu porque estabelecimento “exercia procedimentos em desacordo com a legislação vigente”, segundo a SMS (Secretaria Municipal da Saúde). A clínica tinha licença da SMS apenas para funcionar e realizar “atividades de estética e outros serviços de cuidados com a beleza”.

O empresário de 27 anos morreu enquanto passava por um procedimento estético realizado na tarde de segunda-feira (3). A clínica fica localizada na rua Doutor Jesuíno Maciel, no Campo Belo.

Henrique Silva Chagas teve parada cardiorrespiratória durante o procedimento. A reportagem do UOL apurou que ele realizava um peeling de fenol. Na intervenção, considerada invasiva e conhecida por estimular o rejuvenescimento da pele, o fenol penetra na epiderme (a camada mais superficial da pele), o que causa sua necrose e induz reação inflamatória controlada não só na epiderme como também na derme (camada localizada abaixo da epiderme).

Vítima veio do interior de São Paulo para fazer o procedimento estético na clínica. Por volta das 14h30, a Polícia Militar foi acionada para apoiar o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em ocorrência de morte suspeita. O Samu constatou o óbito do jovem ainda no local.

Clínica fica localizada na rua Doutor Jesuíno Maciel e é liderada por Natalia Becker. No Instagram, a conta da esteticista tinha mais de 233 mil seguidores. A mulher informava que é “criadora” de um protocolo de tratamento estético e “premiada especialista em melasma”. Ela tem uma unidade da clínica em São Paulo e outra no Rio de Janeiro.

Conta de Natalia no Instagram não está mais disponível. Ao procurar a página, aparece a seguinte mensagem: “Esta página não está disponível. O link em que você clicou pode não estar funcionando, ou a página pode ter sido removida. Voltar para o Instagram”.

A Polícia Civil instaurou inquérito no 27ºDP para investigar o crime de homicídio. Foram solicitados exames necroscópico e toxicológico, cujos resultados são aguardados.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.