CR7 chora após perder pênalti, mas goleiro salva, e Portugal avança na Euro

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Portugal sofreu, viu Cristiano Ronaldo viver uma noite de muitas emoções, mas venceu a Eslovênia por 3 a 0, nos pênaltis, e avançou às quartas de final da Eurocopa, nesta segunda-feira (1°). As seleções ficaram no 0 a 0 durante o tempo normal e prorrogação.

Diogo Costa foi o herói da noite no estádio Deutsche Bank Park, em Frankfurt. O goleiro português defendeu as cobranças de Ilicic, Balkovec e Verbic, e colocou Portugal na fase seguinte. No final da prorrogação, ele já havia feito um milagre após lambança do zagueiro Pepe.

Cristiano Ronaldo foi da irritação ao choro na partida. O astro português se mostrou bastante nervoso com os erros no primeiro tempo do duelo e foi às lágrimas na prorrogação após ter um pênalti defendido por Oblak. Na decisão por pênaltis, no entanto, converteu a sua batida e pediu desculpas à torcida.

Portugal vai encarar a França nas quartas de final da Eurocopa. As duas seleções se enfrentam na próxima sexta-feira (5), às 16h (de Brasília), no Volkspark Stadium.

PORTUGAL

Diogo Costa; João Cancelo (Rúben Neves), Rúben Dias, Pepe (Nelson Semedo) e Nuno Mendes; João Palhinha, Vitinha (Diogo Jota) e Bruno Fernandes; Bernardo Silva, Rafael Leão (Francisco Conceição) e Cristiano Ronaldo. T.: Roberto Martínez

ESLOVÊNIA

Oblak; Karnicnik, Drkusic, Bijol e Balkovec; Cerin, Stojanovic (Verbic), Mlakar (Stankovic) e Elsnik (Ilicic); Sporar (Celar) e Sesko. T.: Matjaz Kek

Local: Deutsche Bank Park, em Frankfurt (ALE)

Árbitro: Daniele Orsato (ITA)

Assistentes: Ciro Carbone (ITA) e Alessandro Giallatini (ITA)

VAR: Massimiliano Irrati (ITA)

Cartões amarelos: Drkusic, Karnicnik, Celar, Bijol (ESL)

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.