Corinthians anuncia a contratação do técnico argentino Ramón Díaz

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O Corinthians anunciou, nesta quarta-feira (10), a contratação do técnico argentino Ramón Díaz.

Ramón Díaz assinou contrato até o fim de 2025 com o Corinthians. O treinador estava livre no mercado após deixar o Vasco em abril deste ano. Ele vem com os auxiliares Emiliano Díaz e Juan Romanazzi, além do preparador físico Diego Pereira e o analista de desempenho Damian Paz.

Apesar de anunciado, Ramón não comandará o Corinthians no jogo desta quarta-feira (10), contra o Vasco. O treinador acompanhará o jogo da tribuna em São Januário, e o interino Raphael Laruccia estará novamente à frente da equipe.

A estreia do argentino será na próxima terça (16). Ele estará à beira de campo pela primeira vez como técnico corintiano no duelo contra o Criciúma, na Neo Química Arena, pela 17ª rodada do Brasileiro.

Ramón era o ‘plano B’ do Corinthians. Antes de decidir fechar com Ramón Díaz, o Timão tentou o retorno de Fábio Carille, que acabou permanecendo no Santos.

O anúncio do novo treinador vem pouco mais de uma semana após a demissão de António Oliveira. O português deixou o cargo na terça-feira (3), após a derrota para o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro.

Ramón Díaz tem 64 anos e é um dos técnicos mais vencedores da Argentina. Ele conquistou sete vezes o Campeonato Argentino (seis com o River Plate e um com o San Lorenzo) e tem um título da Libertadores pelo River. O treinador também teve sucesso no Al-Hilal, da Arábia Saudita, onde conquistou duas vezes o Campeonato Saudita e duas Copas do Rei Saudita.

DE ‘PLANO B’ A CONTRATADO

Ramón Díaz e Corinthians conversam desde a última semana. As negociações começaram bem, mas a diretoria corintiana ‘cozinhou’ o argentino enquanto tentava fechar com Fábio Carille.

O Santos não liberou Fábio Carille. Sem ter a liberação do rival, o Corinthians precisaria pagar a multa de cerca de R$ 2 milhões para assinar com o técnico brasileiro, algo que não aconteceu.

Esperando, Ramón Díaz colocou o Corinthians ‘contra a parede’, segundo o colunista André Hernan, do UOL. O limite para fechar o negócio imposto pelo argentino foi a última segunda-feira (8), quando o Timão avançou e encaminhou a chegada do treinador.

Compartilhe: