Corinthians aceita proposta da Liga Forte, mas conselheiros podem vetar

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O Corinthians bateu o martelo sobre a proposta de R$ 1,1 bilhão da Liga Forte União (LFU), pela concessão dos direitos de TV do clube pelos próximos cinco anos. No entanto, o contrato não está fechado, uma vez que ele será levado ao Conselho de Orientação (Cori).

Nesta sexta-feira (28), os membros do Cori foram convocados para uma reunião extraordinária do Conselho Deliberativo. O UOL apurou que o acordo com a Liga Forte deve ser votado pelos conselheiros nesta assembleia.

Fontes afirmam que existe a possibilidade de o contrato ser rejeitado, principalmente por não terem recebido qualquer informação prévia. Os membros do Cori ainda não receberam oficialmente o tema ou pauta da reunião. O encontro está marcado para as 19h, no teatro do Parque São Jorge.

Mais cedo, o próprio perfil da chapa do presidente Augusto Melo, chamada “São Jorge 77”, confirmou o “sim” dado ao bloco.

“Estamos de acordo com a negociação de direitos de imagem com a Liga Forte, que apresentou a maior proposta do futebol brasileiro, com um adiantamento de mais que o dobro das outras ofertas”, escreveu a chapa no Instagram.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.