Cidades do RS vão ter que repensar território, diz Secretário da Defesa Civil

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Cidades constantemente atingidas por desastres naturais, como as localizadas na região do Vale do Taquari, podem ser obrigadas a mudar de posição para ficarem em locais seguros. A projeção foi feita pelo secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Wolnei Wolff Barreiros.

Criação de bairros novos em áreas sem risco de inundação e deslizamento deve ser considerada. O secretário falou sobre o assunto em entrevista à GloboNews nesta terça-feira (14).

Parte das pessoas afirmava que não estava em área de risco porque não viu enchente de 1941. O secretário lembrou que a água levou 32 dias para descer após as cheias de 83 anos atrás.

“Olhando para o Vale do Taquari, uma região bem afetada no ano passado, a partir de junho e a partir de setembro, é que [vemos que] algumas cidades vão ter que repensar seu território. Muitas pessoas que ali vivem acreditavam que não viviam em área de risco. Falavam: ‘Aqui não é área de risco, nunca tive problema aqui’. Nunca teve problema porque o último registo é lá da década de 1940, as pessoas não se lembram mais”, disse Wolnei Wolff Barreiros, secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, à Globonews.

ESTADO TEM 148 MORTES CONFIRMADAS

Além dos óbitos, há 124 desaparecidos e 806 pessoas feridas. A informação é de boletim publicado pela Defesa Civil na noite da segunda.

Mais de 2,1 milhões de pessoas foram afetadas pelas chuvas. Há 538.545 desalojados e 76.884 pessoas em abrigos.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.