Chuvas fortes voltam a castigar Vale do Taquari (RS)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Volta a chover forte nos municípios do Vale do Taquari, no centro do Rio Grande do Sul. O fenômeno é causado pela nova frente fria, que chegou ao estado nesta sexta-feira (10).

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) classifica a situação como “perigo” e prevê chuva entre 30 e 60 mm por hora (ou de 50 a 100 mm por dia), ventos intensos (de 60 a 100 km/h) e queda de granizo. Além de risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos. O aviso vale até às 18h de hoje.

Na quinta, o órgão se juntou a outros institutos meteorológicos e geológicos do país para avisar sobre os acumulados para o fim de semana. “Entre a sexta e a segunda-feira (13), as chuvas serão mais intensas no centro-leste e nordeste do estado […], podendo superar os 150 mm”, destaca nota conjunta.

NOVOS DESLIZAMENTOS

Com a volta da chuva, cresce o receio de novos deslizamentos de terra. No município de Roca Sales, localizado no Vale do Taquari, cinco corpos soterrados foram localizados pelas equipes de resgate. Algumas das vítimas, incluindo uma criança de três anos, estavam abraçadas.

A mobilidade também é prejudicada. Em Lajeado, principal polo da região, duas das cinco principais estradas da cidade estão bloqueadas, segundo radar da Defesa Civil (RS). A cidade recém restaurou o sistema de abastecimento de água.

Estima-se que pelo menos 20 pessoas tenham perdido suas vidas no Vale do Taquari. A expectativa é que o número aumente à medida que as águas recuam. O Rio Taquari, que alcançou a marca de mais de 33 metros, agora está se aproximando dos 20 metros.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.