Chris Pine diz que papel em ‘O Diário da Princesa’ o salvou de enrascada financeira

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Mais de duas décadas após “O Diário da Princesa” (2001) estrear, Chris Pine relembra que o papel o salvou de uma enrascada financeira. O intérprete de Sir Nicholas disse que o convite para a produção evitou que ele devesse US$ 400 dólares ao banco e pedisse dinheiro aos pais.

“Eu estava dirigindo e recebi uma ligação do meu agente ‘Você vai receber US$ 65 mil’, e foi como se tivessem acabado de me dizer que eu havia ganhado US$ 50 milhões. Foi maravilhoso”, falou ele em entrevista ao podcast Sunday Sitdown With Willie Geist.

O preço final, no entanto, ficou em US$ 15 mil, mas Pine não se incomodou, já que o dinheiro era crucial na época, e o papel possibilitou a ele outros trabalhos mais relevantes em Hollywood.

“Me lembro claramente de saber naquele momento que minha vida havia mudado de alguma forma. [O valor] Não durou muito e eu devia dinheiro do aluguel aos meus pais. Mas esse é um sentimento marcante. Nunca esquecerei.”

Antes da produção ao lado de Anne Hathaway, o ator participou de alguns comerciais e fez uma breve participação em “CSI: Miami”. Os recentes projetos dele são “Mulher Maravilha”, “Star Trek” e “Don’t Worry Darling”.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.