Champs Elysées ganha megaloja olímpica às vésperas dos Jogos

PARIS, FRANÇA (FOLHAPRESS) – Faltando menos de 30 dias para o inícios dos Jogos Olímpicos, cuja cerimônia de abertura acontecerá em 26 de julho, Paris acaba de ganhar sua maior megastore relacionada ao evento, ou, como dizem, a maior boutique.

Bem no início da Champs Elysées, o espaço com cerca de 1.000 m² foi inaugurado com uma pequena fila nesta quinta (27). E, com o tamanho da loja, a aglomeração durou apenas o tempo da abertura oficial. O espaço bem na frente do Grand Palais –centro de exposições clássico que, nos Jogos, vai abrigar as provas de esgrima e taekwondo– vai ficar em funcionamento até 15 de setembro, uma semana após o encerramento da Paralimpíada.

Perto dali também está a Place de la Concorde, com uma arena em plena montagem para abrigar os chamados esportes urbanos (basquete 3×3, skate, breaking e ciclismo BMX).

Dentro da loja, uma torre Eiffel em azul, com cerca de 2 m de altura, era a preferida para a selfie e certamente causaria inveja ao restaurante Paris 6.

Para quem adora as quinquilharias olímpicas, a megastore é um prato cheio, principalmente se o bolso também estiver cheio. São bonés, boinas, chapéus, agasalhos, pins, pôsteres, canecas, brinquedos, mascotes em pelúcia, garrafas d’água e uma bela diversidade de camisetas, nenhuma por menos de 25 euros (cerca de R$ 147).

Uma parede inteira é dedicada a peças do uniforme oficial da França, com produtos da marca Le Coq Sportif. Um belo agasalho branco, com listras em azul de um lado e vermelho do outro e o símbolo olímpico no peito sai por 140 euros (R$ 824).

Loja de roupas com temática de Paris 2024 Bertrand Guay AFP Imagem de uma loja de roupas com temática de Paris 2024. Há várias camisetas penduradas em cabides na parede, com diferentes designs e cores, todas relacionadas ao evento Paris 2024. Além das camisetas olímpicas mais tradicionais, um espaço trazia opções para cada uma das modalidades olímpicas, incluindo rúgbi 7, breaking, tênis de mesa e tiro esportivo. Um casal de turistas estava eufórico após encontrar a t-shirt do polo aquático.

Um dos produtos mais caros era um quadro com 50 pins com as imagens dos pictogramas que fazem referência aos diferentes esportes. Custava 420 euros (aproximadamente R$ 2.473).

Os belos pôsteres, cheio de referências, podem ser encontrados em duas versões (olímpico e paralímpico), por 29 euros. Mas quem estiver de passagem e com poucos euros no bolso, é sempre indicado comprar o bom e velho imã de geladeira, por 6 euros. Mais barato que isso só um adesivo e pulseiras de silicone, por 5 euros —mas dá para investir em um croissant com café, ali perto, com esse valor.

Compartilhe: