CBF adia partidas no RS e de equipes gaúchas após tragédia da chuva no estado

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Devido às fortes chuvas que atingem o Rio Grande do Sul, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) adiou todas as partidas marcadas no estado e envolvendo equipes gaúchas na condição de visitante até a próxima segunda-feira (6).

A decisão vale para todas as competições e divisões do futebol brasileiro. Ao todo, 12 partidas foram afetadas pela decisão da CBF.

Três jogos da série A do Campeonato Brasileiro serão remarcados:

Grêmio x Criciúma, que seria realizado no domingo (5) na Arena do Grêmio, em Porto Alegre

Juventude x Atlético-GO, previsto para segunda-feira (6), no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul

Cruzeiro x Internacional, no Mineirão, no sábado (4)

Pela série A1 do Campeonato Brasileiro feminino, a partida entre Internacional e Ferroviária, que aconteceria no domingo no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo, também foi adiada. Ainda não há nova data definida para a realização dos jogos.

O Rio Grande do Sul registrou 13 mortes em decorrência das fortes chuvas que atingem o estado. A informação é da Defesa Civil. O total de desaparecidos segue em 21 pessoas. O governo do Rio Grande do Sul decretou estado de calamidade pública. O decreto estabelece que órgãos públicos prestem apoio à população nas áreas afetadas, em articulação com a Defesa Civil.

“A decisão da CBF é baseada no notório cenário de emergência em todo o Estado, ratificado em ofícios enviados pelo governador e pelo chefe da Defesa Civil do Estado do Rio Grande do Sul. A CBF entende que a prioridade de momento é o atendimento à população e de solidariedade”, diz a confederação em nota.

Conforme a CBF, os alagamentos e bloqueios de estradas impedem o deslocamento seguro de delegações e equipes de arbitragem para partidas dentro e fora do estado, sem condições de garantir a segurança de qualquer evento esportivo.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.