Calleri desencanta, São Paulo vence com sobras e ‘derruba’ Bahia de Ceni

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Mesmo sem Zubeldía no banco de reservas, o São Paulo está novamente em ascensão no Campeonato Brasileiro. Neste domingo (30), a equipe paulista venceu o Bahia por 3 a 1 e agitou as arquibancadas do MorumBis, que recebeu mais de 49 mil torcedores no reencontro com Rogério Ceni.

Calleri marcou depois de cinco jogos de seca, e Ferreirinha ampliou na primeira etapa. Gilberto diminuiu no início do 2º tempo, enquanto Luciano decretou a vitória.

Com o resultado, o Tricolor Paulista foi aos 21 pontos e alcançou a 5° posição na tabela. Por outro lado, o Bahia saiu da vice-liderança. A equipe comandada por Ceni tem os mesmos 24 pontos do Botafogo, mas sofre desvantagem no saldo de gols, além de ter a sequência de duas vitórias interrompida.

Os times voltam a campo no meio de semana pelo Brasileirão. O São Paulo visita o Athletico-PR, em Curitiba, na próxima quarta-feira (3). Já o Bahia recebe o Juventude na quinta (4), em Salvador.

COMO FOI O JOGO

O São Paulo sofreu um susto logo no primeiro minuto de bola rolando, com uma falha na saída de bola de Jandrei, mas logo recuperou o controle da partida. Marcando firme a saída de bola do Bahia, o time mandante foi criando boas oportunidades. Até que, aos 29 minutos, Calleri abriu o placar numa finalização forte da intermediária. Aos 31, Ferreirinha aproveitou passe longo de Luciano para tocar na saída do goleiro e ampliar.

O ritmo do Tricolor Paulista caiu nos primeiros minutos da segunda etapa, e o Bahia diminuiu o placar com um golaço de Gilberto. No entanto, a festa dos visitantes durou pouco. Aos 19, Luciano aproveitou a sobra de uma jogada individual de Ferreirinha dentro da área e tocou no cantinho do gol de Marcos Felipe.

REENCONTRO COM CENI

No retorno de Rogério Ceni ao MorumBis, o treinador do Bahia foi tietado por torcedores e funcionários do São Paulo. Ceni tirou fotos, distribuiu autógrafos e até viu os fãs formarem fila para receberem um abraço.

As cenas de carinho se repetiram também dentro do gramado. O ídolo são-paulino foi abraçado e cumprimentado por basicamente todos os os atletas do time da casa.

SÃO PAULO: Jandrei; Igor Vinícius (Diego Costa), Arboleda, Alan Franco e Welington (Patryck); Luiz Gustavo, Alisson, Lucas (Juan), Luciano (Wellington Rato) e Ferreirinha (Michel Araújo); Calleri. Técnico: Maxi Cuberas

BAHIA: Marcos Felipe, Gilberto, Gabriel Xavier, Kanu e Luciano Juba; Caio Alexandre (Rezende), Everton Ribeiro, Jean Lucas (Biel) e Cauly (Ademir); Thaciano e Everaldo (Estupiñán). Técnico: Rogério Ceni

Estádio: MorumBis, em São Paulo (SP)

Público: 49.037 pessoas

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique

Assistentes: Renan Aguiar da Costa e José Moracy de Sousa e Silva

VAR: Helton Nunes

Cartões amarelos: Luciano, Alisson e Ferreirinha (SPO), Kanu (BAH).

Gols: Calleri (SÃO), aos 29 min, e Ferreirinha (SÃO), 31 minutos do primeiro tempo; Gilberto (BAH), aos 2 minutos do segundo tempo, e Luciano (SÃO), 19 minutos do segundo tempo.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.