Brasil perde terceiro lugar na Liga das Nações de vôlei feminino

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Na briga pelo terceiro lugar da Liga das Nações de vôlei feminino, o Brasil foi derrotado pela Polônia por 3 sets a 2 (21/25, 28/26, 21/25, 25/19 e 9/15) neste domingo (23), em Bancoc, na Tailândia.

A equipe, do técnico José Roberto Guimarães, despontou como uma das favoritas ao título e ganhou todos os seus jogos –12 no total– na fase de classificação. No entanto, o Brasil tropeçou diante do Japão na semifinal.

O foco, agora, é as Olimpíadas de Paris. Japão e Polônia estão no mesmo grupo do Brasil nos Jogos, ao lado da seleção do Quênia.

Assim como aconteceu diante do Japão, o Brasil oscilou contra a Polônia. O time fez um bom quarto set, mas cometeu erros no tie-break e viu a Polônia abrir vantagem.

“Cometemos alguns erros no saque, na defesa e no bloqueio. Lutamos, mas não deu em um campeonato longo, cansativo”, disse Júlia Bergmann ao canal Sportv.

“Agora, vamos tentar nas Olimpíadas. Importante jogar contra esses times, ver o que erramos e melhorar”, concluiu a brasileira.

Já a seleção masculina encerrou a fase de classificação na Liga das Nações com derrota para França por 3 sets a 2 (25/23, 27/29, 13/25, 25/19 e 18/16).

A equipe entrou em quadra com vaga nas quartas de final garantida após a derrota da Sérvia para a Polônia.

O rival do Brasil nas quartas deverá ser definido entre Eslovênia, Itália e Polônia.

O time, sob comando do técnico Bernardinho, faz uma campanha irregular com seis vitórias em 12 partidas.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.