Bradesco passa a notificar sobre risco de golpe quando cliente abre o app em ligação

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O Bradesco desenvolveu uma notificação para alertar seus correntistas sobre possíveis fraudes. Sempre que um cliente estiver em uma ligação telefônica, inclusive via WhatsApp e FaceTime, e abrir o aplicativo do Bradesco simultaneamente no mesmo smartphone, o app irá enviar uma notificação antes de o login ser efetuado, alertando que a chamada pode ser parte de um golpe.

O alerta também será acionado caso o aplicativo já esteja aberto quando o cliente atender a uma chamada.

A ferramenta foi implementada primeiro pelo Sicoob (Sistema de Cooperativas Financeiras do Brasil), que auxiliou o Bradesco no mesmo processo, e já está em desenvolvimento em outros bancos.

“Não há concorrência quando o assunto é prevenção a fraude”, diz Fabio Moraes Benedito, superintendente de segurança da informação do Bradesco.

De acordo com Benedito, a nova notificação vai ajudar o banco a economizar milhões em devoluções de golpes, além de proporcionar uma melhor experiência para o cliente que preza pela segurança.

Segundo o banco, o golpe da falsa central é responsável por 42% das fraudes sofridas pelos clientes do Bradesco. Nele, o fraudador liga para o correntista, finge ser um atendente do banco e avisa sobre um Pix ou uma compra no cartão suspeitos, pedindo que o cliente lhe informe dados pessoais.

Em alguns casos, pede que o cliente abra o aplicativo do banco e, então, autorize o acesso remoto do golpista ou faça uma transação para cancelar a suposta fraude.

Além da identificação de ligação e uso do app ao mesmo tempo, o banco tem outras maneiras de prevenir fraudes, como a análise comportamental do cliente e a análise de dados do receptor. Se a geolocalização, horário e valor fogem das transações habituais, ou se a chave Pix já foi denunciada ou pertence a uma conta recém-criada, o banco acende o sinal de alerta, podendo barrar a transferência.

De acordo com Benedito, o banco não sabe qual o número que faz a ligação aos seus clientes, nem qual o conteúdo da conversa. Mesmo que seja uma chamada de um contato salvo e frequente, a notificação irá aparecer na tela do app.

Se o correntista tiver certeza que não se trata de um golpe, ele deve selecionar a caixa “Estou falando com uma pessoa conhecida” e clicar o botão “Confio na ligação e quero continuar”.

O mecanismo está disponível para a versão mais recente (6.56) do app Bradesco em dispositivos IOS desde sexta (31). Para smartphones que usam o sistema Android, a previsão é que ele seja disponibilizado no próximo dia 15.

Além de atualizar o app Bradesco, é preciso autorizar que ele envie notificações durante o uso nas configurações do celular.

*

COMO SE PREVENIR CONTRA FRAUDES BANCÁRIAS:

– Não digite ou comunique suas senhas em qualquer circunstância que não o aplicativo oficial do banco;

– Ative a geolocalização e a notificação dos aplicativos de bancos e de entregas, e do próprio celular;

– Ative a autenticação de dois fatores no WhatsApp;

– Faça o máximo de transações de casa, de preferência conectado ao wifi do domicílio;

– Baixe os apps de bancos apenas diretamente da Play Store ou da Apple Store;

– Não clique em links enviados como se fossem do banco;

– Reduza os limites de transações quando estiver fora de casa e em horários inusitados;

– Tenha diligência na escolha do banco;

– Não permita que contatos não adicionados vejam sua foto no WhatsApp;

– Evite usar fotos de rosto no estilo 3×4 em redes sociais abertas, como no perfil de WhatsApp;

– Comunique-se com o banco apenas via canais oficiais.

Reduza os limites de transações quando estiver fora de casa e em horários inusitados;

Tenha diligência na escolha do banco;

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.