Bairro Mathias Velho, em Canoas, fica seco pela primeira vez desde enchente

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O bairro Mathias Velho, em Canoas, ficou seco pela primeira vez desde as enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul. O bairro foi um dos mais afetados pela água.

Mathias Velho não tem mais ruas alagadas. Prefeitura instalou bombas flutuantes para escoar a água até o Rio dos Sinos. Os trabalhos começaram na sexta-feira (31).

Operação tem capacidade para drenar 32 mil litros de água por segundo. Além do uso das bombas, a prefeitura fechou o dique e recuperou a casa de bombas da região.

Canoas recebeu 14 bombas flutuantes. Quatro delas estão em operação no bairro Rio Branco, que também foi inundado.

GUAÍBA VOLTA A SUBIR

Nível do Guaíba, em Porto Alegre, subiu 43 centímetros na madrugada desta segunda-feira (3). Água estava em 3,86 metros às 7h15, acima da cota de inundação, de 3,60 metros.

Passagem de frente fria fez Guaíba transbordar de madrugada, informou o MetSul. A previsão é de um dia chuvoso e frio em Porto Alegre.

Chuva fraca também atinge cidades do centro, sul e leste do Rio Grande do Sul. Volume deve variar de 10 mm a 20 mm em vários pontos.

MORTOS E FERIDOS

Já são 172 mortos pela tragédia. Quarenta e duas pessoas estão desaparecidas, 806 feridas e 616,6 mil pessoas estão fora de suas casas. As forças de segurança do estado também já resgataram 77.874 pessoas e 12.543 animais. São 475 cidades afetadas, de um total de 497, de acordo com boletim divulgado na manhã deste domingo.

Atualmente, 61 trechos estão bloqueados total ou parcialmente em rodovias, estradas, pontes e balsas. As operações do Aeroporto Internacional Salgado Filho continuam suspensas por tempo indeterminado, assim como as do porto de Porto Alegre.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.