Atlético-MG lota arena em treino beneficente; presidente apoia paralisação

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Quase 37 mil pessoas lotaram a Arena MRV neste sábado (11) para acompanhar o treino aberto do Atlético-MG. A iniciativa tem como objetivo arrecadar doações para as vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul.

Ao todo, 36.871 foram vendidos, e o clube arrecadou R$ 666.090,00. As entradas custaram entre R$ 10 e R$ 20.

A arena foi decorada com faixas nas cores da bandeira do Rio Grande do Sul. O mascote do clube apareceu no gramando com a bandeira “Solidariedade em Massa”, também nas cores verde, vermelho e amarelo.

Os torcedores levaram água e alimentos não perecíveis. Os atleticanos lotaram os arredores da Arena MRV para participar da ação.

O presidente Sérgio Coelho compareceu à atividade e defendeu a paralisação do Brasileiro. Segundo o mandatário, tanto os clubes quanto o povo gaúcho não estão em condições de estarem envolvidos com o futebol.

“O futebol é muito importante, mas é importante que a gente também veja as dificuldades. Quando existe uma catástrofe, ela tem que ser tratada como catástrofe, e o que está acontecendo no Rio Grande do Sul é uma catástrofe Os clubes e pessoas de lá não tem a menor condição de estar envolvidos, neste sábado (11), no futebol. Eles estão emocionalmente abalados. Eles não têm condições de treinar, têm familiares e amigos que estão passando dificuldades, podem ter perdido alguém da família, [ter] casa destruída. Para dar isonomia a esses clubes, no meu entendimento, deveria parar o Campeonato [Brasileiro]”, disse Coelho.

O treino aberto só foi possível por conta do adiamento da partida contra o Grêmio. A partida estava marcada para este sábado, às 21h (de Brasília).

A CBF determinou o adiamento de todos os jogos dos clubes gaúchos até 27 de maio. Internacional, Grêmio e Juventude disputam a Série A.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.