Atacante Jô deixa prisão após ganhar alvará de soltura

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O atacante Jô, que foi detido em Campinas (SP) na noite da última segunda (6), foi solto nesta terça (7) ao conseguir um alvará judicial. Jogador do Amazonas, ele havia sido preso pouco antes do duelo contra Ponte Preta, válido pela Série B do Campeonato Brasileiro, por falta de pagamento de pensão alimentícia.

A Justiça afirmou que a autora do processo, que não foi revelada, confirmou a quitação do débito. A sentença da prisão já havia previsto a soltura em caso de pagamento.

O atleta, capturado na entrada do Moisés Lucarelli, dentro do ônibus do Amazonas, passou a noite detido. Ele acumula passagens por Corinthians, Inter e Atlético-MG no futebol nacional, além de defender camisas de times europeus, como o Manchester City e o Everton.

Jô foi encaminhado pelas autoridades ao 10° Distrito Policial de Campinas, que fica próximo ao estádio da Ponte Preta.

O atleta seria titular do embate em questão. Diante da prisão, o Amazonas mudou a escalação às pressas e republicou, em suas redes sociais, a nova arte com William Barbio entre os 11 iniciais.

Jô assinou com o seu atual clube em janeiro. Desde então, foram 15 jogos e quatro gols marcados pela equipe treinada por Adilson Batista.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.