Arthur Elias convoca Marta, mas deixa Cristiane fora dos Jogos Olímpicos de Paris

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Com Marta e sem Cristiane, o treinador Arthur Elias anunciou nesta terça-feira (2) a convocação da seleção brasileira feminina de futebol que disputará os Jogos de Paris em busca do primeiro ouro olímpico.

Na primeira fase dos Jogos, o Brasil vai encarar Nigéria, Japão e Espanha (atual campeã mundial).

“A lista das atletas foi pensada com muito critério, analisando o caráter da competição. São 12 seleções muito fortes, caímos em um grupo extremamente competitivo. Todos os jogos vão ser muito equilibrados dentro do nosso grupo”, afirmou Arthur Elias, logo após a divulgação da relação, na sede da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), no Rio de Janeiro.

O treinador lembrou que a equipe precisa conseguir criar oportunidades e fazer gols em partidas de mata-mata nas Olimpíadas, algo que não ocorre desde Pequim-2008. Para isso, chamou sete atacantes dentro do grupo que vai a Paris.

O técnico convocou 18 jogadoras e quatro suplentes, além de seis atletas que vão participar do período de treinamentos na Granja Comary, em Teresópolis.

Aos 38 anos, Marta é a segunda maior artilheira do futebol nos Jogos Olímpicos, com 13 gols em cinco participações, atrás apenas de Cristiane, que tem 14 bolas na rede. Em Tóquio, a rainha do futebol se tornou a primeira jogadora a marcar em cinco Olimpíadas seguidas. A participação em Paris pode ser a despedida da seleção da maior jogadora de futebol da história do Brasil.

Em relação à ausência de Cristiane, o treinador afirmou que a jogadora teve um bom desempenho nas oportunidades que recebeu nos últimos compromissos da seleção, mas obervou que a lista olímpica enxuta, com apenas 18 nomes, obrigou-o a fazer algumas escolhas pensando no melhor para o Brasil.

“O fato de ela, com 39 anos, jogar em um alto nível e estar nessa briga até o final com grandes jogadoras que foram convocadas mostra a grandeza da Cris”, afirmou Elias. Ele acrescentou que, se a disputa fosse para uma Copa do Mundo, competição com 23 jogadoras na lista de cada país, Cristiane provavelmente estaria no grupo.

Contratado pela CBF em setembro do ano passado, após uma passagem vitoriosa pelo Corinthians, Arthur Elias comandou a seleção em 15 partidas até aqui, com dez vitórias, dois empates e três derrotas.

Na reta final de preparação para o início dos Jogos, a seleção se reunirá para treinamentos na Granja Comary nesta quinta (4) e embarcará para a França no próximo dia 17. A estreia olímpica está marcada para o dia 25, contra a Nigéria, em Bordeaux. Na sequência, a equipe seguirá para Paris, onde enfrentará o Japão, no dia 28, e retornará a Bordeaux para encerrar a participação na fase de grupos contra a Espanha, no dia 31.

A seleção feminina teve como melhor resultado até hoje a medalha de prata, obtida em Atenas, em 2004, e em Pequim, em 2008. Em ambas as finais, a equipe foi derrotada pelos Estados Unidos.

*

CONFIRA A LISTA COMPLETA DA SELEÇÃO BRASILEIRA PARA OS JOGOS DE PARIS

Goleiras

Lorena (Grêmio)

Tainá (América-MG)

Laterais

Antonia (Levante-ESP)

Tamires (Corinthians)

Yasmim (Corinthians)

Zagueiras

Rafaelle (Orlando Pride-EUA)

Tarciane (Houston Dash-EUA)

Thais Ferreira (Tenerife-ESP)

Meias

Ana Vitória (Atlético de Madrid-ESP)

Duda Sampaio (Corinthians)

Yayá (Corinthians)

Atacantes

Adriana (Orlando Pride-EUA)

Gabi Nunes (Levante-ESP)

Gabi Portilho (Corinthians)

Jheniffer (Corinthians)

Kerolin (North Caroline-EUA)

Ludmila (Atlético de Madrid-ESP)

Marta (Orlando Pride-EUA)

Suplentes

Luciana (Ferroviária)

Lauren (Kansas City-EUA)

Angelina (Orlando Pride-EUA)

Priscila (Internacional)

Convidadas

Natasha (Palmeiras)

Marisa (Corinthians)

Vitória Calhau (Cruzeiro)

Laís Estevão (Palmeiras)

Letícia Monteiro (Internacional)

Amanda Gutierrez (Palmeiras)

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.