Tietada por Moro, Juliana Paes diz que é difícil interpretar bandida - Vitória News
Ricos e Famosos
Tietada por Moro, Juliana Paes diz que é difícil interpretar bandida
Folhapress
THAIS BILENKY

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O juiz Sergio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato em Curitiba, quebrou o protocolo em uma premiação para beijar a atriz Juliana Paes.

A global, que interpretou Bibi da novela "A Força do Querer" (Globo), venceu o prêmio Brasileiros do Ano, da revista "IstoÉ", na categoria Televisão.

Em seu discurso de agradecimento, na noite de terça-feira (5), em São Paulo, ela disse "é muito difícil fazer papel de bandida no Brasil, principalmente nesses tempos que vivemos no Rio de Janeiro".

Moro, que já condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e outros acusados da Lava Jato, pareceu ter se empolgado.

Quando ela atravessava o palco para voltar ao seu lugar depois de discursar, ele se levantou para beijá-la. Foi o único dos 20 convidados do palco a fazê-lo.

Moro foi o principal homenageado da noite, que contou com a presença de investigados da Lava Jato como o presidente Michel Temer e o ministro Moreira Franco.

Os globais Luciano Huck e Isis Valverde também estavam lá.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.