Arnaldinho Borgo impede apadrinhamento na contratação de estagiários em Vila Velha - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Política
Arnaldinho Borgo impede apadrinhamento na contratação de estagiários em Vila Velha
Publicado por Redação VitóriaNews
Divulgação

O vereador Arnaldinho Borgo (MDB) tem se destacado em Vila Velha pela sua postura independente e por conseguir emplacar projetos de lei de interesse da população do município, como foi o caso recente da lei 5.951/2017. Trata-se, segundo ele, do fim do apadrinhamento político na contratação de estagiários nos órgãos municipais. “Estágio sem padrinho, que irá garantir que todos os contratos da Prefeitura de Vila Velha para essa finalidade sejam através de um processo seletivo justo e transparente, norteados pela legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência”.

Ele ainda complementa: “Queremos que todos os estudantes tenham direitos iguais para contratação, com base nas suas competências e não mais em indicações”. O uso das indicações vinha servindo de curral eleitoral, onde os estudantes acabavam retribuindo o favor votando no padrinho que conseguiu a sua colocação.

Arnaldinho tem 34 anos e é formado em Eletromecânica pelo Cetefes e em Administração pela Faculdade Novo Milênio, além de ter sido tenente R/2 do Exército Brasileiro e servidor público estadual. Sua militância política começou desde jovem quando decidiu seguir os passos do pai, o ex-vereador Arnaldo Borgo. Foi eleito vereador em sua primeira disputa eleitoral, em 2012. Na gestão do ex-prefeito Rodney Miranda ocupou o cargo de secretário municipal de Assistência Social. Arnaldinho foi reeleito em 2016 pelo então PMDB com a maior votação da história da Câmara de Vila Velha: 5.392 votos.

CRÍTICAS - Ele não poupa críticas ao atual prefeito do PSDB. Nas redes sociais, onde participa ativamente, Arnaldinho levantou criticas pelo baixo investimento em educação nas escolas municipais. “Vila Velha investiu apenas o mínimo em educação. Eu acredito que só por meio da educação iremos conseguir mudar nossa sociedade para melhor”, destacou. Em seguida o vereador perguntou aos munícipes de Vila Velha: “E você, acredita também, qual sua opinião?”

No último dia 27 de dezembro, o plenário da Câmara de Vereadores de Vila Velha se reuniu na última sessão do ano e derrubou os vetos do prefeito Max Filho (PSDB) a três projetos de lei formulados pelo vereador Arnaldinho Borgo. Dois vetos foram rejeitados por unanimidade, e um, por 16 votos a 1. Dessa forma passaram a vigorar as propostas do parlamentar municipal que dispõem sobre a obrigatoriedade dos Poderes Executivo e Legislativo divulgarem relação contendo os números de telefones celulares custeados com dinheiro público utilizados por agentes políticos e demais servidores municipais.

Também passou a vigorar a proposta de Arnaldinho que dispõe sobre a obrigatoriedade da publicidade de informações relativas à realização de concursos públicos e processos seletivos (de provas e títulos) pelos Poderes Executivo e Legislativo de Vila Velha.

O seu terceiro projeto, que teve os vetos do executivo derrubados, foi o que obriga a divulgação da lista de medicamentos disponíveis e em falta na rede municipal de saúde, para distribuição popular.

 

Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.
Notícias Relacionadas