Esportes

Levir aposta em 'semanas exclusivas' para decisão e promete novidades

Por Folhapress
SAMIR CARVALHO

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O técnico Levir Culpi aposta em duas "semanas exclusivas" na temporada visando o jogo mais importante do Santos em 2017 – contra o Barcelona, do Equador, válido pelas quartas de final da Copa Libertadores da América, no dia 13 de setembro. Aliás, serão duas decisões no próximo mês, já que o jogo de volta já está marcado para a semana seguinte, dia 20, na Vila Belmiro.

Desde que estreou pelo Santos, diante do Palmeiras, no dia 14 de junho, Levir Culpi nunca teve uma folga no meio da semana. O período exclusivo para ele ocorre entre os dias 27 de agosto (quando encara o Cruzeiro, no Mineirão), e 10 de setembro (clássico contra o Corinthians, na Vila Belmiro).

O treinador promete nestas duas semanas de trabalho deixar o time mais com a sua "cara". Até o momento, tanto o treinador como os atletas, falam que o trabalho tem sido levado na base da conversa.

Levir Culpi está empolgado com a folga e, inclusive, promete novidades na equipe santista.

"Teremos um período grande antes do jogo contra o Barcelona. Conseguiremos treinar bem e contar com todos à disposição. Tomara que seja assim", disse Levir.

"Nós precisamos evoluir dentro do que estamos apresentando e vejo condições para isso. No próximo jogo (contra o Barcelona) teremos algumas novidades, isso vai dar uma força ao grupo, e essa lição que tomamos (vitória no sufoco contra o Atlético-PR) servirá para a gente", afirmou Levir.

As novidades podem ficar por conta dos novos atletas inscritos na competição continental, casos de Nilmar, Gustavo Henrique e Orinho, além dos lesionados que podem voltar ao time até o próximo mês: o volante Renato e o meia Vechio.

O treinador, inclusive, preserva a estreia de Nilmar e a volta de Gustavo Henrique para as decisões na Libertadores. Levir já avisou que os dois não enfrentam o Fluminense, nesta segunda-feira, no Pacaembu.

"Não (contra o Fluminense), estão em fase final de recuperação, já participam de jogos e coletivos, mas com o tempo que estiveram parados, precisamos de segurança para escalar. Não vamos queimar o filme deles, mas estão muito próximos, em breve poderão participar", disse.

O principal desafio de Levir é encontrar um substituto para Thiago Maia, negociado com o Lille, da França. Diversos atletas foram testados, mas nenhum agradou. Casos de Leandro Donizete, Yuri, Alison e até Jean Mota. Vecchio correspondeu na função, mas se lesionou.