Esportes

Alemanha apresenta sua nova geração na Rússia

Por Folhapress
FÁBIO ALEIXO

KAZAN, RÚSSIA (FOLHAPRESS) - Campeã mundial e com classificação bem encaminhada para a Copa de 2018, a Alemanha usará a Copa das Confederações para fazer testes. Mas não visando somente o próximo Mundial, mas também o de 2022, no Qatar.

A média de idade da equipe é de apenas 23,9 anos. Sete jogadores jamais haviam sido convocados até os dois últimos amistosos do time.

No elenco há quatro atletas que estiveram na Olimpíada do Rio, torneio sub-23.

Há também jogadores que se destacaram na última temporada, como Timo Werner, 21, do Red Bull Leipzig. O atacante fez 20 gols em 31 partidas no Campeonato Alemão.

"A prioridade é ter certeza de que nossos jogadores irão se desenvolver, mas também estamos motivados para vencer o torneio, diz o ex-atacante Oliver Bierhoff, diretor esportivo da federação alemã.

"Espero que possamos ter dois ou três deles na Copa do ano que vem", completa.

Em meio a tantos novatos, caberá ao meia Julian Draxler, 23, liderar o time. Ele vestirá a braçadeira de capitão.

Draxler jogou o Mundial de 2014 e se destacou nos últimos meses no Paris Saint Germain, clube no qual desembarcou vindo do Wolfsburg, em janeiro. Outro campeão mundial no elenco é o zagueiro Shkodran Mustafie, 25.



NA TV

Austrália x Alemanha

12h Band e SporTV